Saiba como deixar a sua internet WiFi mais segura!

É preciso ter cautela na hora de utilizar a internet, atentando para a deixar a sua internet WiFi mais segura tanto no momento de se conectar a uma rede, quanto no momento de configurar o seu próprio roteador. Pois, uma rede vulnerável pode expor você e os arquivos presentes nos seus dispositivos.

Afinal, nos dias atuais, a internet WiFi se tornou indispensável para a realização de inúmeras tarefas, seja para trabalhar, estudar, fazer compras ou até mesmo se conectar com aqueles que estão distantes.

A partir dela é possível efetuar diversos afazeres, de forma simples, sem ser necessário usar um computador. Isso porque a rede sem fio proporciona uma mobilidade que não é possível com a conexão por cabos.

Outra vantagem dessa tecnologia, é que você pode utilizar dispositivos como celular, notebook, tablet, ou qualquer outro instrumento conectado a uma internet Wi-Fi, para se mover livremente no raio de alcance da rede sem perder a conexão. Possibilitando assim uma experiência mais confortável e dinâmica.

Com a tecnologia WiFi também é possível fornecer internet de qualidade e gratuita aos clientes do seu estabelecimento comercial, o que se torna um atrativo a mais em tempos de grande conectividade.

No entanto, mesmo com tantos benefícios, é preciso ter cautela na hora de utilizá-la. Sabemos que nada garante a segurança total da sua rede. Contudo, existem medidas que, ao serem tomadas, podem aumentar consideravelmente o nível de proteção do roteador a fim de manter sua vida digital preservada.

Quer saber como evitar possíveis dores de cabeça e acessar a internet-wifi de maneira mais segura? Confira abaixo 5 dicas que reunimos para te proporcionar uma melhor experiência na hora de se conectar.

Primeiro, como funciona a internet WiFi?

De uma maneira geral, podemos dizer que o roteador é um dos principais componentes de uma rede WiFi. Pois, ele é o responsável pela captação do sinal que chega pelo cabo do provedor de internet e também possibilita o compartilhamento desse sinal com os dispositivos eletrônicos da sua casa ou empresa.

Dessa forma, os roteadores proporcionam muito mais do que a distribuição do sinal da internet WiFi. Eles possuem diversos recursos que podem melhorar a qualidade da rede e também a experiência do usuário. 

Diante da integração com tantos dispositivos eletrônicos, é indispensável que o seu roteador trabalhe com estabilidade e segurança, para evitar possíveis ataques cibernéticos e invasões na rede. Assim, proporcionando o bom funcionamento dos seus aparelhos, seus dados estarão mais protegidos.

No tópico a seguir vamos mostrar de que forma você pode deixar sua internet wi-fi mais segura, de forma a te ajudar a manter sua casa e sua empresa longe dos ataques cibernéticos.

Vamos às dicas para uma internet WiFi mais segura!

Ícones de redes sociais aparecendo na tela de um dispositivo com internet WiFi mais segura.

Agora que você já sabe os benefícios da internet com WiFi e como ela funciona, separamos algumas maneiras de melhorar a segurança da sua rede e evitar futuros problemas de privacidade.

#01. Tenha uma rede com senha 

Redes abertas são mais vulneráveis, uma vez que pessoas mal intencionadas não teriam nenhum trabalho para acessá-las. No caso das redes protegidas por senha, os cibercriminosos precisariam primeiro descobrir a senha de acesso antes de entrarem na rede.

Ao estabelecer uma rede com senha ou criptografia, as informações de quem acessa aquela rede sem fio estarão codificadas, ou seja, os dados não serão identificados facilmente em caso de interceptação. Seria como escutar uma ligação telefônica e não entendesse nada do que foi dito, pois as pessoas falariam por códigos, por exemplo. 

Dessa forma, todos os roteadores sem fio contam com opções de criptografia. O mais comum é o padrão de criptografia WPA2. Para ativar esse padrão, você deve acessar as configurações do roteador e definir uma senha.

#02. Mude a senha padrão de acesso ao roteador

Geralmente os roteadores WiFi são configurados com nome de usuário e senha padrões, permitindo o acesso total às configurações. Por isso, os fabricantes alertam para o perigo de manter os dados originais, mas, mesmo assim, muitas pessoas deixam eles inalterados.

Alterar os padrões já pré-estabelecidos, ajuda a evitar que pessoas com bom conhecimento técnico acessem os seus dispositivos sem a sua permissão.

Assim, o ideal é modificar quanto antes essas informações, assim como mudar o nome de usuário do administrador para algo não óbvio, mas de fácil memorização para você. O mesmo se aplica para a senha.

Nesses casos, uma dica muito útil é incluir na senha, além de letras e números, caracteres especiais (como o asterisco, cifrão ou hashtag). Outra recomendação é alterar essas informações constantemente, como diz a próxima dica.

#03. Altere constantemente o login e senha da sua rede WiFi

Outra dica é mudar frequentemente a senha e o login da internet wi-fi. Essa medida de caráter preventivo é útil não só para evitar possíveis invasões, mas também para que ninguém consiga se conectar automaticamente ao roteador, roubando link de internet. Elaborando uma senha forte e única você terá menos chances de estar vulnerável.

Uma boa dica é ser criativo e evitar colocar um nome de rede muito chamativo. Uma conexão que tenha nomes como “não entre aqui” pode ter o efeito contrário e servir como um estímulo para que as pessoas tentem decifrar a senha.

Pois, dependendo do nível de segurança, é possível que a pessoa que acesse a rede doméstica possa visualizar ou modificar arquivos de computadores conectados na mesma rede. Para evitar isso, acesse as configurações do roteador, escolha a opção Wireless e altere a senha.

#04. Esconda a rede WiFi

De forma padrão, o nome da rede WiFi é visível para todos aqueles que possuam um dispositivo compatível com a conexão. Mas, o nome da rede pode ser ocultado de forma a garantir que apenas aqueles que tenham o nome e a senha possam acessá-la.

Assim, essa técnica se torna muito útil, pois impede que outras pessoas saibam da existência da sua internet wi-fi, o que, consequentemente, impede possíveis invasões. Para ativar esse recurso, procure nas configurações de rede sem fio uma opção como “ocultar SSID” ou desmarcar a opção de difusão do SSID.

#05. Ative uma firewall

O firewall é uma solução de segurança baseada em hardware ou software que analisa o tráfego de rede para determinar quais operações de transmissão ou recepção de dados podem ser executadas. Em outras palavras, ele atua como uma porta de entrada e saída entre uma rede de computadores e a internet. 

O firewall possibilita que apenas usuários e aplicações autorizadas possam se comunicar entre si. Dessa forma, o firewall se torna um bom aliado para fazer uma primeira triagem dessas ameaças.

Nem todo roteador possui um firewall embutido, mas se o seu possui, ative-o. Essa solução pode servir como sua primeira linha de defesa, além de bloquear tentativas de obter acesso através de portas não utilizadas.

Conclusão

Como você pôde perceber, a segurança de rede sem fio é um assunto técnico, mas qualquer pessoa que usa internet WiFi deve estar ciente das dicas básicas de segurança para que não se torne alvo de hackers.

A segurança na conexão sem fio é um assunto essencial, pois quando você está usando uma rede WiFi desprotegida, praticamente qualquer pessoa pode interceptar seu tráfego de Internet, inclusive pessoas mal intencionadas.

Depois de todas as dicas que demos acima e colocando em prática todos esses cuidados, a segurança da sua internet WiFi estará ainda mais confiável. Mesmo assim, continue alerta e fique atento a qualquer atividade suspeita.

Para tornar sua rede mais segura ainda, você pode gerenciar a sua internet WiFi. Caso tenha gostado do conteúdo, confira outros sobre a mesma temática no nosso blog ou entre em contato conosco!

vagalume banners rocketPrancheta 2
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Posts Relacionados